Caso de estupro coletivo da menina de 16 anos gera indignação

O Brasil ficou chocado pelo crime que aconteceu no Morro São João, Rio de Janeiro.

Caso de estupro coletivo da menina de 16 anos gera indignação

maio 27th, 2016

No último sábado, uma barbárie aconteceu em uma favela localizada na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Uma garota de 16 anos foi vítima de um estupro coletivo é virou o assunto mais comentado nas redes sociais nesta sexta-feira, quando a noticia foi divulgada.

Caso de estupro coletivo da menina de 16 anos gera indignação - Imagen 1

Totalmente dopada, a adolescente foi abusada sexualmente por 33 homens que tiraram fotos e filmaram o crime. O vídeo chocante vazou nas redes e se tornou viral.

Imediatamente as redes sociais se encheram de frases de indignação. “Não foram 30 contra uma, foram 30 contra todos. Exigimos justiça”, comentou um usuário. “Uma covardia o que fizeram com essa menina”, disse outro. Mas também muitas mensagens de solidariedade: “Não te conheço, mas sou mulher igual a você, me doeu muito ver isso”, dizia um post.

Quase uma semana depois da atrocidade, a garota aproveitou o Facebook para agradecer o apoio da população: “Venho comunicar que roubaram meu telefone, e obrigada pelo apoio de todos. Realmente pensei que seria julgada mal”, escreveu.

Caso de estupro coletivo da menina de 16 anos gera indignação - Imagen 2

Na manhã da última quinta-feira, 26, ela realizou alguns exames em um hospital do Rio. Além disso, ainda tomou um coquetel de remédios para evitar doenças sexualmente transmissíveis e vai ter acompanhamento psicológico.

Ate o momento, a polícia já identificou quatro homens suspeitos de terem participado do estupro. Um deles é Lucas Perdomo Duarte Santos, de 20 anos, com quem a adolescente tinha um relacionamento. Os outros são Marcelo Miranda da Cruz Correa, de 18 anos, Michel Brazil da Silva, de 20 é Raphael Assis Duarte Belo, de 41 anos.

Entra desde tu celular a TKM Alta Velocidad haciendo click: AQUI

Tags:

,

,

,

,

,

,

,

,

,